Tutorial: proteja suas senhas com dicas simples!

Você já teve problemas com suas senhas? A todo instante, surgem na Internet, relatos de situações em que algum usuário teve a senha de email ou sistemas violados. Esse, com certeza, é um problema muito sério que pode atingir a qualquer um, do usuário com pouco conhecimento e descuidado à usuários mais avançados e precavidos.

Na verdade, 100% de segurança não teremos nunca, infelizmente. Mas a questão é: como proteger, ao melhor possível, minhas informações online? As senhas de emails sempre foram as quem mais chamavam a atenção mas depois de surgirem os recursos de nuvem, esses serviços então entraram na mira daqueles que desejam ter acesso indevidamente.

Mas alguns cuidados simples podem reduzir as chances de ter seus dados acessados por pessoas sem autorização:

1- Cuidado com sinal wifi aberto: se você tem o hábito de se conectar a redes wifi abertas, saiba que quaisquer dados trafegados por ela podem ser interceptadas por outra pessoa.  Em sinais wifi abertos, as chances de se encontrar um público maior de acesso é grande.

2 – Evite senhas óbvias: é incrível como as pessoas tem criatividade para tantas coisas mas são óbvias demais na hora de determinar uma senha. Evite datas comemorativas, nomes próprios ou qualquer coisa que possa fazer sentido para você. O ideal é criar senhas que não fazem menção ao usuário.

3 – Abuse do seu teclado: quando for criar ou alterar uma senha abuse de letras minúsculas e maiúsculas, símbolos e números. Dessa maneira, sua senha fica mais difícil de ser descoberta até mesmo por alguém que esteja ao seu lado, vendo você digitar.

4 – Use senhas longas: senhas curtas são mais fáceis de serem descobertas, o ideal é criar senhas com no mínimo 8 caracteres.

5 – Não use senhas repetidas: usar senhas repetidas para vários serviços, aumenta as chances de se ter diversos problemas se sua senha for descoberta.

6 – Evite computadores públicos: computadores de centros, como lan houses, podem conter vírus, keyloggers que podem capturar sua senha. Nesse caso, tente não utilizar nenhum serviço que necessite de sua senha.

7 – Utilize, quando possível, dupla autenticação: já presente em diversos serviços, tais como Gmail, Facebook e iCloud, a dupla autenticação nada mais é do que o requerimento de 2 senhas para ter o acesso ao serviço: uma você digita e a outra é enviada para seu celular.

8 – Cuide de seus arquivos: dados confidenciais ou que você não deseja que ninguém mais tenha acesso, podem muito bem estar guardados em mídias físicas, portanto, quando precisar armazenar alguma informação, faça um balanço da importância do dado e de onde é melhor armazená-lo.

9 – Lembre-se de realizar logout: muitos usuários não se atentam para esse detalhe: fazer logout do serviço. Muitos simplesmente clicam no botão de fechar (X) e é nesse momento que uma pessoa mal intencionada pode conseguir acessar seu serviço que, aparentemente, você havia fechado.

10 – Não compartilhe suas senhas: procure não compartilhar suas senhas de acesso. Pense nisso da mesma maneira como você se preocupa com sua senha de banco, cartão de crédito, etc.

Leia mais sobre dicas para senhas:

E você, já teve alguma experiência ruim com senhas de acesso? O que você faria se tivesse um problema desses?

Filipe César

Fã de tecnologia, jogos (principalmente Fifa), filmes e séries. Com pós em Mídias Digitais e EAD. Criou o CoisasTech pelo desejo de compartilhar informações que lhe interessa com outras pessoas.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *