Paint da Microsoft será descontinuado

Aplicativo de desenho desde o Windows 1.0, o Paint tradicional deixa de existir com a nova atualização

O Paint está presente no Windows desde a versão 1.0 de 1985, na época, já na versão 3.0 do sistema operacional, o programa chamado até então de “PaintBrush”, passou a facilitar muito a vida daqueles que necessitavam de um software de desenho.

Obviamente o Paint nunca chegou perto de softwares profissionais como o Photoshop, mas por muitos anos, quebrou o galho de muitos usuários que necessitavam realizar alguma tarefa mais simples, sem contar que sempre foi gratuito e já incorporado ao Windows.

Entre alguns recursos interessantes estava a capacidade de ler arquivos em bitmap (BMP), JPEG e PNG (muito utilizados hoje em dia), além de ferramentas de cores, pincéis, borracha, etc.

Com a nova atualização presente no Windows 10, vários recursos serão removidos ou não terão mais atualizações entretanto, vale lembrar que o Windows não ficará órfão de um software de desenho, agora será possível trabalhar com o Paint 3D, um software mais robusto com mais ferramentas e com a capacidade de trabalhar com imagens tridimensionais.

Opinião pessoal: Sempre utilizei o Paint, desde o Windows 3.1, para mim era uma das grandes ferramentas do Windows junto com a Calculadora e o Bloco de Notas. Claro que depois passei a utilizar o Photoshop, mas toda vez que precisei utilizar recursos simples em imagens, era o Paint que eu executava. Ainda não testei o novo programa 3D mas tomara que seja de simples utilização assim como seu antecessor.

Quer ler mais notícias sobre e o Windows 10? Clique nesse link!

Filipe César

Fã de tecnologia, jogos (principalmente Fifa), filmes e séries. Com pós em Mídias Digitais e EAD. Criou o CoisasTech pelo desejo de compartilhar informações que lhe interessa com outras pessoas.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *